Sobre

Nas duas décadas deste novo século temos assistido a um renascimento do cinema latino-americano, graças a uma jovem e entusiástica geração de realizadores que tem vindo a mudar drasticamente a forma como a América Latina se vê e se projeta no grande ecrã.

Esta renascença tem vindo, a par com as mudanças políticas e sociais, a trazer-nos novas noções de política, cultura e identidade.

A diversidade tem sido uma constante, abraçando o cinema como nova forma de comunicação.

Houve também um substancial incremento da produção, ainda que muito haja a fazer para a correspondente visibilidade no panorama internacional.

Na MCAL 2020 tentamos trazer ao público português uma pequena amostra do cinema mais atual, ainda não exibido em território português, procurando dar a conhecer a diversidade e heterodoxia da região.

Nesta edição em particular, temos o prazer da colaboração com o FESTin – A Festa do Cinema em Português, partilhando espaço e calendário, suplantando juntos dificuldades que a situação pandémica causou na calendarização cultural de todas as organizações.

E é com especial entusiasmo que encerraremos as nossas festas em simultâneo com um filme brasileiro exibido em conjunto.

Scroll Up